Trabalhadores afirmam posicionamento sobre a Pré parada, parada e pós parada na REVAP

No dia 24 de setembro os trabalhadores da Pré parada, Parada e Pós parada da REVAP realizaram assembleia na P4 da empresa e afirmaram por livre e espontânea vontade de maneira unânime uma mesma posição. Assim como conseguimos um acordo o qual é referendado como o melhor acordo do país nesta campanha salarial, contamos com todos os trabalhadores para podermos também nesse acordo de parada ter a mesma vitória.

– Abono indenizatório de 300 horas para os contratos de prazo determinado, a ser pago na rescisão

contratual;

– PLR de R$2.000; e acréscimo integral de ajuda de custo sem desconto de R$ 980

Paradeiro que não possui residência fixa no município: vale refeição noturno mensal de R$1.200,

mais as passagens de ida e volta, e todo gasto extra;

Trabalhadores da manutenção/rotina que participam direta ou indiretamente da parada: ajuda de custo

de R$1.600 mais uma participação devido a parada de R$2.200;

– A partir da data do ASO, os trabalhadores já têm direito a todos esses benefícios.

As chefias prometem, mas nem acordo ou lei estão cumprindo. Temos conhecimento sobre esses descumprimento

através de inúmeras denúncias de trabalhadores da REVAP. Se depender de promessa feita no boca a boca, o

trabalhador vai perder dinheiro. Por isso, é importante a nossa unificação nesse momento.

Clique no vídeo e confira a assembleia na íntegra.

Deixe uma resposta