Presidente Ivam se reune com trabalhadores da UTGCA

Mais uma vez provamos que com a força da união dos trabalhadores, patrão nenhum vai coagir ou perseguir pai de família.
E assim foi novamente aqui na UTGCA, durante a atual greve dos trabalhadores da TOPSERVICE, sete trabalhadores foram vítimas de uma perseguição por parte da empresa e foram demitidos, ferindo a Lei de Greve 7.783/1989 que garante ao trabalhador o direito de fazer greve, estabelecido no Artigo 7º que durante a greve o trabalho de contrato é suspenso, sendo assim vedada a demissão ou contratação de qualquer trabalhador.

O Presidente Ivam Rodrigues tomou as medidas cabíveis, acompanhado dos trabalhadores da TOPSERVICE, foram até o Tribunal Regional do Trabalho de Campinas, para uma audiência com os advogados da empresa. O juiz do TRT viu que o Presidente Ivam preza pelo benefício dos trabalhadores, se dispondo a lutar pelos direitos daqueles que estão sendo prejudicados e perseguidos.

A liminar foi julgada e a decisão veio no dia 28 de novembro, com reconhecimento jurídico de que a greve é legal e que pela luta incansável do Presidente Ivam, os trabalhadores que foram mandados embora devem ser reintegrados a empresa imediatamente, mediante multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais) aplicados na TOPSERVICE por cada trabalhador demitido.

Vendo a força que a união do sindicato e trabalhador tem, o Tribunal do Trabalho reconheceu a luta do Presidente Ivam Rodrigues e decidiu a favor do trabalhador, legitimando a organização da greve e impedindo que a gata continue com suas demissões, para que esta perseguição sem sentido pare. Agora trabalhadores é hora de continuar lutando para que a nossa greve continue e mandarmos um recado para a TOPSERVICE, não vamos abaixar a cabeça, vamos continuar lutando pelos nossos direitos e pelo maior acordo conquistado dentro da refinaria.

Deixe uma resposta